Fotografia (028) Natureza

“Há quem passe pelo bosque e só veja lenha para fogueira.”
Leon Tolstoi (1828 – 1910)


Em conversa recente com o amigo e fotógrafo Marcus Vinicius Lameiras, tive a ideia de escrever este pequeno artigo, onde todas as fotografias são de autoria do mesmo – ao qual considero uma pessoa dotada de princípios, que o tornam (para mim) um fotógrafo com F maiúsculo.
Eu, pelo meu amigo Flavio Pereira.
Marcus Vinícius Lameiras

Eu tinha em mente apenas apresentar o trabalho deste artista em função de admirar suas fotografias e acreditar que outras pessoas poderiam encontrar eco nas imagens apresentadas, mas logo cresceu a vontade de expor algo maior. Assim resolvi levantar uma bandeira em defesa da natureza...

Tivemos dois grandes avanços que permitiram a explosão demográfica da raça humana: A agricultura nos deu a oportunidade de nos tornarmos sedentários e a medicina, que “resolve” uma pequena fatia do que consideremos que possa depor contra a longevidade do corpo humano.
Assim chegamos aos 7.000.000.000 de indivíduos, mas quantos tem interesse pela preservação da fauna e da flora? Muitas pessoas tem a natureza como uma fonte de recursos que atendem aos próprios interesses, portanto olhamos e vemos apenas lenha para a nossa fogueira... um dia restarão apenas cinzas. É lamentável.
Ninféia-branca ( Nymphaea alba )  -  European White Waterlily


Em 1996 li um livro fascinante, chamado Bilhões e Bilhões, Reflexões sobre Vida e Morte na Virada do Milênio, do astrônomo Carl Sagan (1934 – 1996). Num dos capítulos ele afirmava que se desejássemos reverter os efeitos do que estávamos causando ao planeta, deveríamos ter parado de gerar poluição há 150 anos.

Araracanga (Ara macao)  -  Scarlet Macaw

Tivemos vários movimentos como a Conferência de Estocolmo, a Rio 92, Rio+20 e por aí vai... me pergunto se a lentidão, que me parece ser proporcionalmente inversa à urgência aos problemas identificados, é suficiente para que a vida seja preservada enquanto durar o universo?

HDR - Cascata Diamantina     /  Diamantina waterfall  -


Segundo alguns teóricos, estudiosos do Paradoxo de Fermi, a vida inteligente no universo seria rara, pois:
...geralmente, ou invariavelmente, destroem a si mesmas antes ou pouco depois de desenvolver tecnologias de rádio e viagem espacial. Possíveis meios de aniquilação incluem guerra nuclear, guerra biológica ou contaminação acidental, catástrofe nano tecnológica, experimentos de alta energia, uma superinteligência mal programada ou uma catástrofe malthusiana após a deterioração da ‘ecosfera’ de um planeta.
Fonte: Wikipédia

Será que para nós, fotógrafos, resta apenas observar a natureza e buscar imagens (fotografias) das evidências de uma breve passagem pela Terra? Se não houver mais ninguém, quem irá apreciar essa riqueza? E se não houver mais riqueza?

Se você leu esta publicação até aqui, devo supor que tenha interesse em causas legítimas. Portanto sinto que posso te convidar a fotografar a natureza com outros olhos. Divulgue suas fotografias, mas também adicione suas ideias, sugestões e críticas ao que nos cerca.
A consciência coletiva nasce da mesma forma que a luz se divide em um prisma, onde diversos raios de luz partem de uma única causa. Me recuso apenas a ver somente lenha para a minha fogueira.

Agradecimento: Marcus, muito obrigado por permitir que suas fotografias estejam presentes nesta pequena contribuição ao mundo da fotografia, como arte e voz ativa.


Facebook: facebook.com/MarcusViniciusLameiras
Flickr: flickr.com/photos/marcusviniciuslameiras

Nota: A primeira fotografia deste artigo foi publicada sem o uso do sistema de compartilhamento do Flickr para o autor. Esta decisão tem como base manter o mecanismo de reconhecimento de imagens de capa do blog funcional. A fotografia de capa pode ser vista no endereço flickr.com/photos/marcusviniciuslameiras/10732507676. Seu título é Coração-roxo (Tradescantia Pallida Purpurea) - Spider lily, que também descreve o nome da flor em português, o nome científico da planta e seu nome em inglês.

Gostou deste artigo? Role a tela para baixo, deixe seu comentário ou veja outros itens interessantes.

Antes de usar o conteúdo deste artigo para outros fins, por favor, consulte a nossa política de privacidade e direitos de uso.