Dicas de fotografia (parte 005)

A partir deste artigo teremos uma novidade, apresentaremos conteúdo (fotografias, vídeos e documentos) de outras fontes. Qual é a vantagem?

  • É uma atitude nobre compartilhar conteúdo que agregue conhecimento de forma livre e irrestrita, desde que o conteúdo tenha licenças, atribuições e/ou direitos que permitam isto.
  • O nosso blog ganhará em qualidade, pois as imagens publicadas nos artigos não terão apenas obras de um mesmo autor.
    Acredito que seria injusto “podar” o que chamo de criatividade sem fronteiras. É válido apresentar outras imagens e conteudos relacionados, para que você possa perceber diferentes formas de fotografar, onde cada indivíduo é capaz de produzir uma variedade enorme interpretações (e essa diversidade tem grandes benefícios).
Desejo apenas demonstrar que existem formas de compartilhar conhecimento sem esperar nada em troca, senão a distribuição de conhecimentos. Todo ser humano deve dedicar ao menos uma pequena parte de si e ser altruísta.
Aprendi algo com a minha mãe: “A vida é uma festa. Entramos sem ser convidados e saímos antes de acabar. ”

Dito isto... Vamos para a parte técnica.

Linhas mistas

As interpretações por parte do observador serão várias, porém o tipo de imagem irá direcioná-lo para propostas previstas pelo autor ou autora da fotografia.
Começaremos com exemplos de linhas explícitas. O que você vê?


https://stocksnap.io/author/7833

Eu vejo uma grande oportunidade para passear por todo o quadro (não usarei mais o termo formato). Primeiro os olhos caminham para o centro do quadro, depois observo outras formas sugeridas (diversos triângulos). Este é um belo padrão, repleto de figuras geométricas e com um contraste marcante.
A intenção do autor era evidenciar a moldura que envolve o céu, sendo este um ponto de atração e o coração da fotografia. Amei a simetria também.

Nota: Aprenderemos mais sobre padrão, contraste, distração (e atração) e simetria no decorrer desta nossa experiência com fotografias.

No exemplo abaixo entramos no mundo natural.


https://stocksnap.io/author/6387

Os galhos mais grossos são distribuídos e quebram as linhas verticais da regra dos terços (lembra dela?), porém há um motivo: Esses galhos criam movimento... É como se um mesmo galho fosse registrado num movimento (da direita para a esquerda ou o contrário). O galho surge do lado direito, repentinamente aparece no centro e, por fim, no canto direito (saindo do quadro). As folhas formam um padrão. Padrões são amostras “repetitivos” de um mesmo tipo.

Imagine-se numa feira livre... Olhe uma barraca de bananas e logo verá que a distribuição dos cachos formam um padrão. O mesmo ocorrerá com outras frutas, verduras e legumes. O padrão a fotografia acima ocorre pela forma, direção e pela cor predominante (verde). Note que as folhas (em ângulos diferentes) apontam para várias direções.

Lembre-se: Linhas mistas formam padrões, sugerem movimento, apresentam formas geométricas ou figuras. Tire proveito da simetria também. Vamos aos diversos exemplos...


Padrão

https://stocksnap.io/author/4440

Simetria

https://stocksnap.io/author/913

Movimento

 Essa apresenta linhas mistas formadas pelo cruzamento da escada com o elemento humano.
https://stocksnap.io/author/264

Misturando tudo (padrão, simetria e movimento) temos...

https://stocksnap.io/author/374

A versão de padrão, simetria e movimento abaixo se encaixa mais com o meu gosto. Há boa aproximação de um diálogo (uma história).

https://stocksnap.io/author/63

Vejo pressa, esforço, infinito e vários outros elementos de composição abstratos. Lembra disso também?


Gostou deste artigo? Role a tela para baixo, deixe seu comentário ou veja outros itens interessantes.

Antes de usar o conteúdo deste artigo para outros fins, por favor, consulte a nossa política de privacidade e direitos de uso.